Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bibliotecas em Ação

A Biblioteca Escolar continua contigo! Com todos! Navega, descobre-a e rentabiliza os recursos que te oferece. Nós estamos aqui. E vocês?

CONCURSO «Vamos fotografar o nosso Património Natural» – fase Municipal

15.06.23

354047447_588625406739955_8730788576895504383_n.jp

Decorreu no dia dia 14 de junho, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da fase municipal do concurso “Vamos fotografar o nosso Património Natural”, uma iniciativa do projeto Marcas na História, da Rede de Bibliotecas Escolares. Foram premiadas fotografias nos 3 escalões de alunos participantes. O agrupamento contou com três fotografias vencedoras no 2º escalão, 2 no terceiro escalão e uma no 4º escalão.

Os temas em destaque tiveram como propósito valorizar e promover os elementos patrimoniais do concelho. As fotografias serão agora avaliados na fase intermunicipal, que abrange as comunidades intermunicipais do Médio Tejo, Lezíria do Tejo e Oeste.

Em Torres Novas, a implementação do projeto foi partilhada entre a Biblioteca Municipal, os Agrupamentos de Escolas Artur Gonçalves e Gil Paes, e as respetivas bibliotecas escolares.

fotos marcas escola.jpg    fotos marcas escola 2.jpg

Leituras dialogadas

No âmbito do projeto Semear Leitur@s

09.06.23

No âmbito do Projeto “Semear Leitur@s” foram dinamizadas ao longo do ano, no espaço da biblioteca da ESAG, sessões com turmas do 5º ano, que permitiram associar a leitura e a reflexão, num equilíbrio entre a promoção da leitura e da reflexão filosófica. Partindo de uma história lida em conjunto, e orientados para a exploração de conceitos, essencialmente da dimensão ética, os elementos das turmas partilharam interpretações e reflexões.  A partir da história da Maria-vai-com-as-outras, de Syilvia Orthof, e da Árvore Generosa, de Shel Silverstein, foram abordados conceitos como Autonomia, Identidade, Altruísmo, Amizade, Generosidade, Felicidade e abordada a temática da proteção do ambiente e do respeito pela natureza.

Num outro formato de diálogo, fez-se ainda a adaptação, em Role Play, de uma atividade sugerida pela Associação de Professores de Filosofia, que designámos como “A mala do refugiado”. Esta atividade tinha como referência a iniciativa “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir”. Abordou-se, neste âmbito, o problema dos refugiados, das suas necessidades, das suas emoções e experiências de perda e resiliência. A partilha de ideias e sensibilidades a partir da análise de casos concretos, visava enriquecer a consciência cívica e ética dos participantes, promover a reflexão sobre direitos humanos, bem como o reconhecimento da importância de ajudar e sentir as vivências do outro.

Destaca-se o facto de algumas destas atividades, quer de leitura dialogada quer de Role Play, terem sido dinamizadas por alunos da turma A do décimo ano, aprendizes da disciplina de Filosofia, mas já promotores de desenvolvimento do espírito crítico dos colegas de um outro ciclo de formação. A estes alunos se agradece a responsabilidade, o empenho e entusiasmo com que embarcaram nesta aventura.

Cópia de 20230405_085144 - Cópia.jpg

 

leituras dialogadas de Bibliotecas Agrupamento Artur Gonçalves

À descoberta de um reino mágico - atividades realizadas

Seme@r Leituras_Colher Cid@dãos

02.06.23

Este projeto surgiu em resposta ao desafio da ONG "Mães do Mundo". Num primeiro momento, procedeu-se à divulgação de informação sobre a organização. Com o objetivo de desenvolver valores de solidariedade e voluntariado e indo ao encontro dos objetivos do Projeto Educativo , foi escolhido o público-alvo, as disciplinas a envolver e feita a recolha do material necessário (meias e material de costura). Em Português (2º ciclo) e pelo Clube de Leitura (6º ano), foi lida e explorada a obra de David Machado "Acho que posso ajudar", que culminou com a vinda do autor durante a Semana da Leitura (SABE). Com a realização de Workshops, sensibilizou-se os participantes para a motivação solidária da atividade, que resultou na criação das bonecas “Eunice” pelos alunos, professores e utentes do Centro Social, contando com o envolvimento de algumas famílias. Os alunos do curso PIEF redigiram mensagens personalizadas para acompanhar as respetivas bonecas, bem como algumas turmas do 5º ano. Todas as bonecas serão enviadas à ONG durante o mês de julho. Todos os envolvidos aderiram com entusiasmo às propostas, manifestando interesse em que se desse continuidade.

Clube de Leitura_Os alunos semeiam leituras

No âmbito do Projeto Semear Leituras

02.06.23

Durante o ano letivo, a partir de dezembro, um pequeno grupo de alunas do 7ºA, encontrou-se todas as quintas-feiras, com a motivação de espalhar o seu gosto pela leitura. Esta foi sempre assumida como uma mais-valia para crescerem como alunas e como cidadãs, na medida em que o treino implicou o desenvolvimento da leitura em voz alta e expressiva/dramatizada e os valores veiculados pelas obras propiciaram momentos de conversa e partilha de vivências, muito profícua e gratificante do ponto de vista social e pessoal. Foram diversos os contextos em que atuaram, tentando diversificar o público-alvo, para que as atividades dinamizadas por si fossem o mais enriquecedoras possível. Assim, vivenciaram o espírito natalício em turmas do 5º ano (turmas A, C e D), através da obra Ninguém dá prendas ao Pai Natal, de Ana Saldanha; propiciaram uma aberta troca de emoções junto da turma 3º SI, com a obra O novelo de emoções, de Elizabete Neves e Natalina Cóias (ilustração); interagiram com os idosos do Centro de Dia do CBESZA, tendo como pretexto para esta partilha intergeracional a leitura de contos e provérbios portugueses; participaram na Semana da Leitura, antecipando e motivando para o encontro com o escritor David Machado, com a dinamização de atividades a propósito do livro da sua autoria Acho que posso ajudar, junto das turmas A e D do 6º ano; intervieram no ambiente de festa da Escola Artur Gonçalves durante a comemoração do Dia Mundial da Criança, levando ao 6º A uma reflexão importante sobre os Direitos da Criança, através de uma atividade que teve como centro a leitura da obra de Malala Yousafzai, O Lápis Mágico de Malala. Foi, efetivamente, um grupo pequeno, três alunas, contudo grande em entusiasmo e dinamismo, que, com a orientação da equipa da Biblioteca Escolar, continua a acreditar que o seu gosto pela leitura pode ser difundido e multiplicado e será sempre uma oportunidade única de crescer como aluno e como pessoa.

20230330_151053.jpg

Clube de Leitura de (G300) Prof. Teresa Maria Borges Pereira Taborda